Vista hoje como o " coração" da Gráfica, a Editoração Eletrônica " bombeia" serviços para os demais setores (impressão, corte, acabamento, etc.).
Com as vantagens de visualizar antes de imprimir, alterar dados ou imagens, redimensionar formatos, etc., torna-se também, uma econômica (reduzindo desperdício de material) e veloz ferramenta de trabalho, já que praticamente toda a demanda de serviço gráfico exige agilidade na conclusão.
Algumas vezes, os clientes desenvolvem seus trabalhos e enviam às gráficas, porém, nem sempre da forma ideal para a finalização do serviço. Seguem algumas informações sobre como preparar arquivos.
Programas (Software) - CorelDraw! - Corel Photo Paint - Adobe Page Maker - Adobe Photoshop;
Em CorelDraw - trabalhando com texto, tenha o cuidado de enviar os arquivos da(s) fonte(s) utilizada(s) ou convertê-las em curva.
Em Page Maker - trabalhando com texto(s) e/ou imagem(s), tenha o cuidado de enviar o(s) arquivo(s) da(s) fonte(s) e da(s) imagem(ns).
Fotografias (Imagens) - Padrão CMYK - mínimo de 250 DPI;
Formatos - observar tabela de " Melhor Aproveitamento em Folhas" .
Trabalhos Sangrados (Ultrapassando o formato final do trabalho) - neste caso, o item " sangrado" deverá exceder 5mm ao limite do formato.